angle-left null

Ciência de dados: descubra o que e qual a sua importância para a tomada de decisões


Ciência de dados: descubra o que e qual a sua importância para a tomada de decisões


Cada vez mais, as empresas buscam informações qualificadas e baseadas na ciência de dados para tomadas de decisão.

Esse movimento tem favorecido um maior interesse em metodologias tecnológicas capazes de fornecer insights valiosos sobre os cenários atuais, além de contribuir para um maior foco organizacional. 

Um dos motivos é que a transformação digital exige das organizações um aumento na capacidade de disponibilizar respostas concretas às necessidades do público-alvo.

Ou seja, ignorar esse novo cenário, com certeza, tem como principais consequências a queda de produtividade, perda de clientes, riscos na imagem institucional e, principalmente, decisões precipitadas e fora da realidade da ciência dos dados

Pensando na importância desse assunto, neste artigo vamos apresentar o que é a ciência de dados, os pontos relacionados ao seu uso e as vantagens para as tomadas de decisões.  

Continue a leitura!

Neste artigo, você vai ler:

  • O que é a ciência de dados;
  • Ciência de dados na prática;
  • Porque a ciência de dados é fundamental para qualquer negócio;
  • Tenha um ecossistema de dados;
  • Conclusão.

 

Ciência de dados: o que é?

A ciência de dados é uma metodologia que engloba vários segmentos, como análises, estatísticas, inteligência artificial (IA) e métodos científicos, com a intenção de extrair valor das informações coletadas. 

Atuam nesse campo os profissionais denominados de cientistas de dados que empregam diversas habilidades para analisar os dados provenientes do digital, através de várias fontes, sejam eles pessoas, sensores, smartphones, computadores e entre outros. 

Dessa forma, é viável conseguir insights valiosos para tomar decisões que ajudam as empresas a obter uma performance mais expressiva e potencializar estratégias a curto, médio e longo prazo através da ciência. 

Sendo assim, esse recurso está diretamente ligado aos procedimentos de análise dos dados que permitem a preparação das informações para uma captura consistente e rica nos resultados.

Também vale ressaltar que os cientistas de dados e as aplicações analíticas, são capazes de aprofundar os resultados da coleta, contribuindo para a descoberta de padrões de comportamento que ajudam, por exemplo, a constatar se vale a pena ou não lançar um novo produto no mercado ou oferecer um novo serviço aos seus clientes.

Na prática: como funciona a ciência de dados?

É muito importante que você entenda o funcionamento dessa metodologia, pois é uma forma de visualizar como ela pode contribuir para uma organização estar mais conectada. Seja com as boas práticas de gestão, mas também com os interesses do público-alvo.

Falando em boas práticas, a primeira deve ser o planejamento que estabelece a definição do projeto e os objetivos a serem alcançados. 

Em seguida, ocorre a criação de um modelo de dados que envolve diversas ferramentas, entre elas:

  • Pesquisa e apuração;
  • Banco de dados;
  • Bibliotecas de código aberto;
  • Inteligência artificial;
  • Machine Learning. 

O acesso às informações qualificadas promove a garantia e a análise dos dados. Dessa maneira, tudo isso cria um cenário favorável para uma organização adotar ações a partir dos insights obtidos.

Pensando nisso, vamos apresentar, de maneira didática, duas etapas importantes que contemplam o projeto e a estrutura da ciência de dados.

Acompanhe a seguir:

1. Avaliação do modelo

Nessa etapa, a ciência de dados possui a função de verificar se os recursos adotados realmente estão agregando valor para a tomada de decisão. A partir disso, é possível adotar um conjunto de métricas e visualizações com o objetivo de mensurar a performance dos modelos de dados.

Essa atividade não envolve somente o desempenho bruto para constatar se o rendimento está de acordo com as expectativas. Há ainda uma preocupação em verificar se a organização, em geral, está adaptada ao uso dos mecanismos voltados para analisar informações e usá-las para conseguir um rendimento mais expressivo.  

É muito importante que uma empresa seja capaz de explicar internamente como a adoção do machine learning, por exemplo, pode agregar valor ao negócio em curto prazo.

Para isso se torna viável que os cientistas de dados vejam como a automatização na obtenção de informações pode ser útil para prever cenários, maximizar as operações e estabelecer prioridades frente as metas e o mercado.

2. Implementação e monitoramento

Após avaliar e entender a aplicação da ciência de dados na sua organização, é fundamental percorrer os caminhos de implementação e monitoramento para que toda a sua estratégia e utilização das informações seja efetiva.  

Depois da etapa de implementação, na sequência é necessário que seja feito um monitoramento dos modelos de análise de dados colocados em prática.

Essa iniciativa é imprescindível para verificar se a empresa está adotando soluções capazes de prever cenários com assertividade, qual o público certo para atingir, planos para atingir novas métricas, análise sobre a qualidade dos serviços frente aos concorrentes e como fornecer subsídios para uma tomada de decisão que contribua para expandir, cada vez mais, a qualidade dos serviços.

Por que a ciência de dados é fundamental para qualquer negócio?

Há muitos fatores positivos de investir em uma ciência que colabora para antever tendências, eliminar erros, reduzir custos, entender o mercado e manter o foco na melhoria contínua.

Investir nessa ação para os negócios é um passo a mais na assertividade, pois uma das suas principais vantagens e mais impactantes é propiciar uma tomada de decisão mais segura e ágil.

Em outras palavras, possibilita que a empresa tenha uma noção concreta de que o caminho a ser seguido é o melhor para crescer de forma sustentável, enfrentando oscilações econômicas, sociais e políticas.

E sem se esquecer, outro principal benefício da ciência de dados é orientar uma organização sobre o comportamento do consumidor. Essa prática colabora não apenas para lançar novos produtos e serviços com a personalidade e experiência do seu público-alvo, como também para desenvolver campanhas de marketing capazes de gerar um maior engajamento.

Desvende o seu ecossistema de dados

A ciência de dados é uma excelente alternativa para as empresas estarem conectadas com a transformação digital e mais preparadas para adotar ações voltadas para a continuidade do negócio, mesmo em cenários desfavoráveis.  

Afinal, é com o uso das informações e dos dados que será possível afirmar qual a melhor trajetória o seu negócio pode trilhar, além de elaborar estratégias inteligentes e fundamentais frente ao mercado competitivo.

Os dados são o novo petróleo e é possível desvendar um mundo de oportunidades e resultados.

Para continuar se informando e obtendo informações valiosas sobre a ciência dos dados e a maneira ideal de coletar as informações para realizar as melhores escolhas, navegue pelo blog da CONTEXT.